jump to navigation

NOVA ESPERANÇA NO COMBATE AO VIH Janeiro 3, 2007

Posted by Nuno Formiga in Ciência e Tecnologia, Sociedade.
trackback

hiv.jpgSegundo uma notícia da revista ‘Journal of Pharmaceutical Sciences’, investigadores da Universidade de Utah nos EUA estão a desenvolver um gel que funciona como uma barreira protectora contra o VIH para mulheres. 

Segundo o artigo, este produto, inicialmente na forma líquida, transforma-se numa cobertura de gel quando inserido na vagina e quando exposto ao esperma retorna à forma líquida, libertando uma droga antiviral que ataca o vírus da SIDA.

O produto tem como principal objectivo proteger as mulheres contra o VIH, principalmente nos países em vias de desenvolvimento, onde o número de infectados por este vírus não pára de subir, o número de abusos sexuais é alto e o acesso ao preservativo é muitas vezes praticamente impossível.

Segundo os investigadores que lideram este estudo, a potencial vantagem deste gel é ter uma duração muito mais longa, ou seja, trata-se de um antiviral cuja administração poderá ser usada uma vez por dia ou uma vez por mês. Testes feitos em laboratório demostrararam que o gel não deve causar efeitos secundários.

Sem dúvida, uma nova esperança no combate a este flagelo!

Comentários»

1. Rodrigo Fialho - Janeiro 3, 2007

É, sem dúvida, uma boa notícia.
Dizes, e bem, que o preservativo nem sempre é acessível. Se ainda hoje assim o é em algumas partes do globo, quanto mais com um novo método.
Esperemos que os governantes mundiais, no fim de confirmada como nova esperança, a espalhem por TODO mundo e a tornem acessível a TODOS.

Um abraço

2. Nuno Formiga - Janeiro 3, 2007

Apesar de ser efectivamente uma boa notícia, para já temos que a encarar mesmo como uma esperança…

Todos os produtos destinados à saúde humana passam por uma série extremamente morosa (e dispendiosa) de testes que demoram vários anos até que o produto seja tido como seguro e possa ser colocado no mercado, ao dispor do consumidor final.

Para além disso, a empresa farmacêutica que produzir e comercializar este produto irá, concerteza, querer cobrir todos os custos de I&D através preços de mercado bastante elevados…resta por isso saber se, no final de contas, este será um produto disponível a todos (como seria desejável, através de uma forte comparticipação dos Governos) ou somente a carteiras mais avultadas, como muitas vezes acontece com os preservativos (que só são distribuídos gratuitamente em consultas de planeamento familiar…).

No entanto, só por si, se não tivermos em consideração os aspectos económico-comerciais, é uma notícia positiva para este início de ano que todos desejamos que seja também positivo.

Um abraço!


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: